Jump, 6 dicas para n?o se lesionar na aula

Jump, 6 dicas para n?o se lesionar na aula

Para ter um corpo saudável e ficar em forma é preciso se exercitar. E quando falamos de exercícios físicos sabemos que os que mais gastam calorias e nos ajudam a suar a camisa s?o os chamados exercícios aeróbicos.

O Jump é uma das atividades mais escolhidos na hora de levantar e se exercitar. A prática pode lhe ajudar a queimar cerca de 600 calorias em apenas 50 minutos e pode ser comparada com a drenagem linfática. Isso porque o Jump auxilia na circulaç?o do sistema linfático, além de melhorar o equilíbrio, desintoxicar os tecidos, ativar os músculos, entre outros benefícios.

Jump_6_dicas_para_nao_se_lesionar_na_aula

No entanto, muita gente se preocupa com a prática da atividade por conta das articulaç?es, especialmente os joelhos. Afinal, o Jump vem do verbo pular em ingl?s, e nada mais é do que uma aula realizada em cima de um mini trampolim, no qual os alunos se exercitam de forma intensa.

Cuidados na hora de praticar o Jump

O cuidado com as articulaç?es é uma das principais preocupaç?es para os praticantes da aula intensa e que ajuda a diminuir os quilos na balança. Abaixo, listamos algumas dicas importantes para que voc? realize o Jump sem medo e sem se machucar.

1.      N?o exagere

Se é sua primeira aula, vá no seu ritmo. Se voc? já faz a aula há algum tempo o ideal é saber ouvir o seu corpo. Por isso, n?o force mais do que voc? consegue. O Jump serve para cansar e n?o causar exaust?o, se voc? se forçar demais as chances de se lesionar s?o maiores.

2.      N?o utilize caneleiras

Jump é um exercício de impacto mediano, por isso , muito cuidado na hora de pensar em aumentar a carga nas articulaç?es com a ajuda de pesos e caneleiras. Para queimar mais calorias, é possível apenas ampliar os movimentos, já se voc? quer intensificar a queima de gordura localizada, o ideal é combinar a prática com exercícios mais localizados.

3.      Use um t?nis apropriado

Por ter impacto, mesmo que mediano, é preciso que voc? escolha o calçado ideal para o exercício. Já existem no mercado t?nis que absorvem o impacto e que ajudar?o a evitar algumas les?es. Vale lembrar que o Jump nunca deve ser praticado de meias, descalço ou com calçados sem absorç?o de impacto.

  1. Nunca pise com a ponta dos pés

    Se realizar o movimento dessa maneira, voc? vai aumentar as chances de sobrecarregar as articulaç?es, machucando-as com mais facilidade. O ideal é fazer os movimentos com a utilizaç?o da planta do pé inteira.

5. Empurre a lona

Apesar de vir do verbo ?pular?, os exercícios de Jump n?o devem ser feitos saltando, mas sim empurrando a lona. Isso fará com que o trabalho muscular seja mais efetivo e que voc? n?o sofra nenhuma les?o.

  1. Mantenha o abdômen sempre contraído

    Com isso voc? mantém o equilíbrio e ainda evitar les?es na lombar. O ideal e também manter as costas levemente flexionadas para frente e n?o realizar a press?o exagerada em seus joelhos.

Vale lembrar também que se sentir alguma dor ou incômodo, o ideal é diminuir a intensidade do exercício, dessa maneira voc? consegue evitar que alguma les?o grave aconteça.

Consultas

http://www.fiqueinforma.com/aulas-de-academia/10-dicas-para-curtir-a-aula-de-jump-sem-se-machucar/

http://claudinhastoco.com/diario-da-dieta-power-jump/

http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2012/03/sobrecarga-na-musculacao-pode-provocar-lesoes-nos-joelhos.html

http://vejasp.abril.com.br/blogs/academia/2013/08/28/aula-de-jump-equivale-a-uma-drenagem-linfatica-e-queima-ate-600-calorias/

Contato

Formulário
& localização

faça uma aula grátis e conheça. academia acquarius

Horários de Funcionamento

Segunda a Sexta das 06:00 as 22:00
Sábados das 08:00 as 16:00
41 3258 2662
R. Santana Itararé, 397
Sítio Cercado - Curitiba - PR
Perto do
Terminal